Cota 200 Restaurante no Morro da Urca – RJ

O Pão de Açúcar é parada obrigatória para todo turista no Rio. Que tal unir uma vista espetacular (a minha favorita) com um restaurante de primeira?

O Cota 200 Restaurante fica no topo do Morro da Urca, a primeira parada do bondinho que leva até o Pão de Açúcar, o morro mais alto. Aos poucos, cariocas e turistas estão o descobrindo, apesar de não  ver muita divulgação dele por aí. Olha essa vista e me diz se não vale a pena uma visita?

Cota 200 Restaurante01

O mais legal é que fazendo reserva antecipadamente pelo site ou por telefone você não paga o ingresso e ainda foge da fila para pegar o bondinho. Detalhe: a entrada no Bondinho do Pão de Açúcar custa R$ 76 para adultos. Economia boa, né? Mas é importante lembrar que com a reserva no restaurante, você não paga o bilhete de entrada, mas também não tem acesso ao segundo morro, o Pão de Açúcar. Pessoalmente, eu acho que não faz tanta diferença, pois a vista do Morro da Urca é muito parecida e é onde tem a melhor infraestrutura para os visitantes.

Cota 200 Restaurante 03

Sobre o restaurante, o site é supercompleto para quem quiser ver as opções de pratos. Eu já fui duas vezes e achei a comida deliciosa, apesar dos pratos não serem baratos. Mas para uma comemoração especial vale a pena!  Dica: o medalhão de filet mignon é sensacional!

Cota 200 Restaurante 02

Aproveite a vista e a comida!

Site: www.bondinho.com.br // www.cota200restaurante.com.br

 

Anúncios

Top 5: Atrações em Canela – RS

No Carnaval desse ano, resolvi sair da bagunça do Rio e ir descansar na serra gaúcha. Encontrei passagens com preços legais, consegui um desconto bom no aluguel do carro e fui! Eu já conhecia tanto Gramado quanto Canela, onde fiquei hospedada, mas não me lembrava muito bem dos detalhes. Na minha busca pré-viagem, achar informações sobre Gramado foi bem fácil, mas sobre Canela nem tanto. Por isso, resolvi fazer um top 5 de atrações nessa cidade tão legal quanto sua prima famosa.

♦ Parque do Caracol

A Cascata do Caracol é o maior símbolo de Canela e tem uma queda livre de 131m. Prepare o fôlego. Para chegar até a base da cascata é preciso descer (e subir depois, é claro) 927 degraus. A descida é ótima, mas a subida….. Mas fique tranquilo porque tem banquinhos para sentar e descansar até recuperar o fôlego. No percurso vemos crianças e idosos, então é possível para todos, só tem que ir com calma e respeitar o seu tempo. O visual é muito bonito e vale a pena. Fora isso, o parque é bem grande, tem uma área de lazer legal e um restaurante. Esse é aquele passeio tem-que-ir! Para quem não tiver essa disposição toda, é possível fazer o passeio de bondinho e ter uma da cascata bem bonita também.

parque do caracol_canela1

parque do caracol_canela2

♦ Castelinho Caracol

Bateu aquela fome no meio da tarde? Vale a pena ir até o Castelinho provar o melhor apfestrudel da região. O famoso doce de maçã alemão é a principal atração do lugar e os visitantes lotam as mesinhas da sala de chá. O Castelinho também é uma casa-museu, que resgata a lembrança dos imigrantes alemães com ambientes decorados fielmente como no início do século passado. É preciso pagar R$ 10 reais para visitar a casa e poder lanchar nas mesinhas internas. Se você não quiser pagar esse valor, pode pedir o apfestrudel para viagem e comer no jardim, que é enorme e lindo.

castelinho do caracol2

♦ Catedral de Pedra

Fica na praça principal – que é linda, super bem cuidado e florida – e é o ponto principal da cidade. Em estilo gótico, ela começou a ser construída na década de 50 e tem 65m de altura. À noite, ela ganha uma iluminação especial e fica ainda mais bonita. Por dentro, o destaque fica para o altar, com uma linda pintura.

catedral_de_pedra_canela

♦ Lojas de chocolate

As lojas de chocolate estão por todos os lados, seja em Gramado ou Canela. Eu acredito que a vantagem de comprar em Canela é por as lojas serem mais vazias e bem perto umas das outras. Em torno da praça principal você encontra as marcas mais famosas: Florybal e Caracol. Para quem vai com crianças, fica em Canela o Parque Terra Mágica Florybal, que parece ser bem grande e temmuitas atrações para os pequenos.

florybal_canela

♦ Mundo a vapor

Gramado e Canela reúnem museus para todos os gostos: da moda, do automóvel, de cera, medieval etc. Dentre eles, o Mundo a vapor parece ser o mais interessante e legítimo. Explico: pelo menos pra mim, toda essa quantidade de museu parece ser meio pegadinha, superficial, além de caro! Mas conheço pessoas que foram a alguns deles e adoraram, é gosto. Particularmente, acho a entrada do Mundo a vapor linda, boa para fotos. Lá dentro, muitas réplicas e curiosidades para adultos e crianças. O ingresso é R$ 20.

Mundo a vapor_canela

Pousada Albuquerque – Teresópolis

Demorei, mas voltei! E pra terminar de falar sobre meu fim de semana em Teresópolis, falta só comentar da pousada. Acho que dá pra perceber que hospedagem é um dos assuntos que eu mais gosto de escrever aqui, né? Sou daquelas que fica procurando hotel no Booking pra futuras viagens (que sabe-se lá quando vão acontecer) apenas para o caso de quando comprar a passagem, já ter meus locais preferidos.

Bom, falando de Tere, fiquei hospedada na Pousada Albuquerque. Na verdade, ela fica localizada na Estrada Friburgo-Teresópolis, um lugar bem calmo, tranquilo e com sons de pássaros. Para ir ao centro de Teresópolis tem um caminho alternativo e acaba sendo perto, cerca de 10/15 min de carro. À noite acho que deve ser pior para sair, pois a estrada tem pouco movimento e não tem iluminação.

Pousada Albuquerque

O atendimento é muito simpático, o espaço é grande e conta com uma piscina. O chalé é grande também e confortável. Pala manhã, o café é bem farto e gostoso.

Pousada Albuquerque

Gostei muito da pousada, apenas acho que a localização pode atrapalhar quem quiser sair à noite. Mas quem não se importar de dirigir na estrada escura, vá sem medo!

fotos do site da Pousada Albuquerque, mas garanto que são bem iguais 🙂

 

Fim de semana em Teresópolis

Teresópolis é uma das cidades preferidas dos cariocas para escapar nos fins de semana. Localizada na serra, fica a cerca de 1h30 de carro e a estrada é boa. Na época da Copa do Mundo, a cidade ferveu, pois é lá que fica o centro de treinamento da Seleção Brasileira.

Como quem vai para lá normalmente busca paz e descanso, separei as atrações mais legais da cidade, que dão pra encaixar tranquilamente em um fim de semana.

♦ Dedo de Deus

tere02

Assim que se chega no alto da Serra dos Órgãos, bem na entrada de Teresópolis, um mirante espera pelos visitantes. Se o dia estiver bonito, a vista é deslumbrante. Destaque para o Dedo de Deus, um pico de 1.692 m de altura.

♦ Granja Comary

Esse é o nome do bairro elegante onde fica o centro de treinamento da Seleção Brasileira. O CT fica dentro de um condomínio, por isso é permitido apenas entrar a pé e andar um pouco em volta do lago Comary. O CT, é claro, é fechado, e só dá para ver alguns campos de treinamento. O lugar é bonito, tranquilo e vale a visita.

♦ Vila St. Gallen

tere01

Uma pequena vila em estilo alemão das cervejas Theresópolis e St. Gallen. É uma atração imperdível na cidade, seja para almoçar, jantar ou apenas tomar uma boa cerveja. Durante o dia, o Harlekin Pub tem um clima animado, com garçons usando roupas típicas, boas opções de cerveja e comidas no menu. Dica: bolinho de cevada com bacon e linguiça e uma red ale para acompanhar! À noite, para quem preferir um clima mais sofisticado, o Bistrô 1912 pode ser uma boa escolha. Para os amantes de uma boa cerveja, é o destino certo!

♦ Feirinha do Alto

Bem próxima à Granja Comary está a Feirinha do Alto, uma enorme feira com diversas barraquinhas de roupas, doces típicos e artesanato. É bem grande, mas eu achei os produtos bem repetidos e com preços similares. Vale a visita apenas se estiver planejando comprar algo.

Passe longe!

Fui com grande expectativa de tomar um delicioso banho de cachoeira, aproveitando o verão e o calor que estavam fazendo. A mais famosa na região é a Cachoeira dos Frades. Pois bem, depois de encontrar a estrada que levaria a ela, percorrer uns 15 minutos uma estrada de terra bem ruim, achar que estava no caminho errado, descobrir que estava no caminho certo, o carro ficar imundo, eis que ela aparece…..junto com MUITAS pessoas não só tomando banho, mas fazendo piqueniques e churrasco (!!) nas pedras. Farofada total, sabe? Apesar de bonita, estava com pouca água e gente demais. Não aconselho o passeio, pois nem a beleza do lugar consegue aparecer no meio de tanta bagunça.

Vista Chinesa – Deslumbre-se com o Rio de Janeiro

Mais um post pra falar da minha cidade querida. Gosto de comentar de lugares e atrações interessantes tanto para turistas quanto para os próprios cariocas, que muitas vezes conhecem pouco a própria cidade.

Dessa vez a dica é da Vista Chinesa, um mirante dentro da Floresta da Tijuca e com uma vista deslumbrante para a zona sul, Cristo Redentor, Lagoa e praias. É um passeio rápido, pois não tem muito o que fazer ali. Apenas admirar a paisagem e tirar muitas fotos. Mas vale muito a pena, mesmo!!

Vista Chinesa (1)

 

Um pouquinho de história: foi construído entre 1902 e 1906 em homenagem aos chineses que vieram ao Rio cultivar chá, por isso o nome e o formato, lembrando um templo.

Para quem for visitar, pode aproveitar para ir também à Mesa do Imperador, bem pertinho da Vista Chinesa. Ela era muito usada por D. Pedro II e nobres para almoços durante passeios pela floresta. Ou então, se tiver aquele calor, aproveite as cachoeiras do Parque Nacional da Tijuca.

Vista Chinesa (2)

É possível estacionar o carro na própria rua, mas muitas pessoas (corajosas!) vão de bike. Olha, posso dizer que pela subida é um exercício e tanto! Os caminhos mais fáceis de acesso são através da rua Pacheco Leão, no Jardim Botânico, ou pelo Alto da Boa Vista. Importante lembrar que essas áreas, apesar de turísticas, não são bem policiadas, então é bom ficar atento e evitar ir após escurecer.

Vista Chinesa (3)