Hospedagem BBB em Londres

Para quem não ganha em libras, Londres é uma cidade cara. Fato. Se convertermos então os gastos para real dá até um desanimo.

E em viagens um dos maiores gastos é com hospedagem. Não é fácil encontrar muitas opções que se encaixem no estilo BBB (bom, bonito e barato) quando falamos da capital londrina. Quando estive lá pude conhecer três lugares diferentes, dois hostels e um hotel, econômicos e bem localizados.

YHA London Earl’s Court
Fiquei cerca de cinco noites nesse albergue e não tenho do que reclamar. Ele fica na região de Earl’s Court, bem na divisão entre as zonas 1 e 2, e menos de 5 minutos da estação de metrô. Lembre-se que em Londres o mais importante é estar bem perto do metrô!!! Dormi em um quarto compartilhado com outras cinco mulheres, com locker para bagagem e banheiro no corredor (sempre limpo!). O wi-fi é pago e à noite eu sempre usava na sala de conveniência, onde ficavam outras pessoas conversando, vendo tv, lendo livro, etc.

host_earlscourt_051101_ext_007

Importante: como ele pertence à rede Hosteling International, se você tiver a carteirinha ou fizer no check in paga um valor mais baixo na diária! Acho que paguei por volta de 70 libras por cinco diárias.

host_earlscourt_070425_int_009A região é super residencial e uma graça, bem pacata, do jeito que eu imaginava Londres pelos filmes. Na rua principal tem pubs, restaurantes e algumas lojinhas, o que garante o movimento até bem tarde.

Clink 261 Hostel
Perto da estação de King’s Cross/St. Pancras, esse albergue é mais simples e eu fiquei só uma noite. Justamente por causa da localização, acho que ele é bom para quem vai ficar pouco tempo ou vai pegar Eurostar ou outro trem logo cedo.

clink261-8bed-dorm-1-2

Eu fiquei em um quarto com 10 camas, mas quando cheguei só tinham outras duas chinesas lá. O banheiro também é no corredor e estava limpo. Um dos pontos bons desse hostel é que o café da manhã já estava incluso e até que era ok, com cozinha espaçosa, torradas, cereal e suco.

clink261-facilities-kitchen-dining-2

Lembro que na época paguei cerca de 15 libras pela diária com café. À noite tem movimento e diversas lanchonetes por perto.

Park Grand London Hyde Park
Fiquei hospedada só por um final de semana, quando já estava morando em Cambridge mas fui com alguns amigos para sair à noite em Londres. Ele se considera 4 estrelas, mas não achei tudo isso não. Três já estava de bom tamanho. Os quartos não muito grandes, mas para quem só quer chegar, tomar banho e dormir tem bom custo-benefício.

parkgrandlondon park_grand_london_hyde_park_03

Ele é bem central, próximo do Hyde Park e perto da estação de Paddington, que tem linha direta com o aeroporto de Heatrow através do Heatrow Express. Apesar de pequeno, o quarto tem cama confortável, tv, alguns amenities no banheiro e aparelho para preparar café. Em 2012 paguei 80 libras na diária para um quarto com duas camas de solteiro.

Fotos da internet/site dos hotéis

Anúncios

Top 5: Passeios imperdíveis em Cambridge

Nos três meses que morei em Cambridge pude conhecer bastante da cidade, que é pequena, mas tem muita coisa legal e interessante pra fazer. Seja com um dia, um fim de semana ou até meses, vale tentar incluir os passeios que listei abaixo.

1)  Passeio de gôndola pelo rio Cam

Está longe de ser romântico como Veneza, mas aqui a intenção é conhecer um pouco da história da cidade e dos colleges. Tem duas opções: alugar um punt, como é chamada a gôndola, e ir sozinho, você escolhendo seu caminho e remando, ou então se juntar a um grupo e ir curtindo as histórias contadas pelos rapazes, geralmente estudantes da universidade. Como eu já estava lá há algum tempinho, conhecia as histórias e só queria mesmo um passeio divertido com os amigos, então resolvemos ir sozinhos. Imperdível!

???????????????????????????????

2) Vista do alto da igreja St. Mary

Muitas pessoas não sabem disso – eu mesma só fui descobrir porque minha professora levou a turma para lá – mas é possível ter uma vista linda da cidade do alto da igreja St. Mary. Paga-se bem pouco para subir e de lá é possível ver o pátio interno do King’s College, que fica bem em frente. Se você não der a sorte de conseguir entrar no College, é a chance de ver um pouquinho mais. Veja as fotos e diga se não vale a pena?

???????????????????????????????

3) Tomar uma pint no The Eagle

Estamos falando de Inglaterra, então como não entrar um pub no Top 5? Cambridge tem muitos, mas se tiver que escolher um que seja o The Eagle, repleto de história (como tudo nessa cidade). Uma pequena placa indica que foi lá que os cientistas comemoraram a descoberta do DNA. O teto de uma das salas tem mensagens dos aviadores da Segunda Guerra Mundial. E além de tudo, ainda há uma lenda sobre um fantasma….pergunte sobre a janela aberta no terceiro andar e descobrirá!

???????????????????????????????

4) Visitar um dos colleges

Cambridge e Oxford são cidades (rivais) famosas por suas universidades e colleges. Visitá-las sem ao menos conhecer o interior de um deles é fazer o passeio pela metade. Durante quase todo o ano são permitidas visitas às áreas comuns, como os sempre belíssimos jardins internos. Apenas nas épocas de provas as visitas são interrompidas. Se quiser conhecer logo os mais famosos, tente o King’s College ou o Trinity College. No primeiro, outra forma de conhecer um pouquinho mais é assistindo a apresentação do coral na capela. É linda, emocionante e ainda garante entrar pelo jardim!

???????????????????????????????

5) Passear pelo The Backs

Os fundos dos principais colleges garantem uma vista tão bonita – mais do que a própria entrada principal – que ficaram conhecidos como The Backs. Vale fazer o passeio de punting ou caminhar a pé mesmo. É calmo, tranquilo e garante as melhores fotos.

???????????????????????????????

Cambridge e os colleges

Quando se pensa em Cambrigde logo vem a cabeça a famosa University of Cambrigde. E é claro que esse é o principal atrativo da cidade, com muitos estudantes pelas ruas em todas épocas, mas Cambridge tem muito mais a mostrar. Segunda mais antiga universidade da Inglaterra, foi fundada em 1209 por estudiosos vindos de Oxford.

Vocês sabiam que não existe uma University of Cambridge? Diferentemente do que acontece aqui no Brasil, lá existem diversos colleges independentes e a união deles se chama University of Cambrigde. Um dos mais famosos e imponentes é o Kings College, e um dos passeios mais legais é andar por dentro do campus e assistir ao coral na linda capela construída no século XV.

Kings College
Kings College

??????????????????????????????? ???????????????????????????????

A vista mais famosa (e bonita) do Kings College é pelos fundos, depois do rio Cam, o local conhecido como The Backs. Vale a pena caminhar por ali, um lugar mais tranquilo e perfeito para muitas fotos.

Bem ao lado do Kings, na rua principal, o Trinity College é outro passeio imperdível. Fundada por Henrique XIII, por lá passaram 31 ganhadores do Prêmio Nobel, Isaac Newton e o príncipe Charles.

Ao todo, 31 colleges formam a Universidade de Cambridge e ter a oportunidade e entrar em qualquer um deles é o ponto alto da visita a cidade. Cada um tem sua particularidade, mas todos são repletos de curiosidades, fatos que marcaram o mundo e histórias que há tempos ouvimos ser contadas na escola.

Intercâmbio na Inglaterra

No começo de 2012 realizei grandes sonhos de uma só vez: fiz um intercâmbio, morei fora do Brasil, visitei Londres e viajei muito.Por isso, os próximos posts serão todos relacionados aos lugares maravilhosos que conheci nesses três meses. Mesmo já tendo se passado algum tempo da viagem, acho importante falar de algumas cidades, principalmente, porque elas não são daquelas mais famosas e me lembro de quando eu procurei informações na internet e quase não achei.

Mas pra começar, vou falar do intercâmbio mesmo. Morei e estudei em Cambridge, na Inglaterra por quase três meses. Tudo foi organizado pela CP4, uma empresa que eu confio e indico para os meus amigos. Eles me ajudaram nas escolhas de escola, hospedagem e com dicas essenciais para que tudo desse certo.  Além de que eles representam algumas escolas com exclusividade no Brasil, como, por exemplo, a CAE, onde eu estudei.  Isso foi ótimo porque assim o número de brasileiros não era muito grande na escola.

A Cambridge Academy of English – a CAE, para os íntimos, é ótima, fica a uns 10 minutos de ônibus no centro, em um bairro bem residencial e muito bonitinho. O staff é muito prestativo, a infraestrutura da escola é boa e as turmas não são muito cheias, o que garante que cada aluno vai ter bastante atenção dos professores. Isso, é claro, sem falar nas atividades extra-classe que são preparadas todos os dias.

A frente da escola, que fica no bairro residencial de Girton, em Cambridge A rua em frente à escola no pacato bairro de Girton Sala de aula confortável, com poucos alunos e bons professores

Foi uma escolha muito acertada que eu fiz!