Fremont Street: o charme da Old Las Vegas

Beleza que a Strip é a rua mais famosa, onde estão os hotéis e as principais atrações. Mas nem sempre foi assim. Las Vegas esconde uma relíquia em Downtown, a Fremont Street. Foi lá que tudo começou nos anos de 1920, com o crescimento da cidade e a chegada dos primeiros cassinos.  Você sabia que a Fremont St. foi a primeira rua pavimentada da cidade?

O primeiro hotel construído em Vegas também está por ali ainda, o Golden Nugget, com sua fachada imponente e muitas luzes.

fremont street experience01

Hoje, os turistas vão conhecer a região principalmente por causa do Fremont Street Experience. A rua é coberta por um gigante telão de led, onde acontece o Viva Vision, um show musical grátis de hora em hora a partir das 18h ou 20h, dependendo da época do ano. É um espetáculo de luzes e som com duração de seis minutos e que combina com a atmosfera mais relax do lugar. Não vá esperando nenhuma superprodução, hein.

Quem tiver coragem, pode encarar a SlotZilla, uma espécie de tirolesa que atravessa a Fremont Street próxima ao painel de led. A rua tem também palcos espalhados com diversos shows simultâneos e barraquinhas de souvenir.

fremont street experience02

Não acho que vale a pena se hospedar por ali, ainda que os preços sejam mais baixos. Um passeio de uma noite pela região já é suficiente, então é mais fácil pegar um táxi – cerca de $20 – ou ônibus até lá e ficar em um hotel perto da Strip, como já disse aqui.

Se quiser um restaurante legal para jantar nessa região, eu dei a dica do Triple 777 no post de restaurantes em Las Vegas. Ele fica dentro do hotel Main Street Station, tem um clima de sports bar e é especializado em carnes e cervejas. Fica a uns 5 min caminhando da Fremont Street. Comida boa e barata!

Anúncios

Onde comer: restaurantes em Las Vegas

Comer bem em Las Vegas é fácil. A cidade é uma verdadeira perdição em gastronomia. Os maiores chefs do mundo têm restaurantes por lá, eles estão quase todos na Strip e o melhor, opções para todos os gostos e bolsos.

Cheguei na cidade com uma lista de lugares onde queria comer, mas precisaria de 1 mês para experimentar todos rs. Em vez de fazer uma lista aqui apenas com os restaurantes famosos, o que você encontra em qualquer guia, preferi colocar os que eu realmente visitei. Não tem nada chique e ultrabadalado, são locais com comida gostosa, preço bom e ambiente legal.

restaurante em las vegas01

♦ Burgr – estava animada para conhecer um dos restaurantes do Gordon Ramsay, chef do programa Hell’s Kitchen. O restaurante fica dentro do hotel Planet Hollywood, de frente para o cassino. O ambiente é animado e o atendimento muito simpático. Destaque, é claro, para os hambúrgueres e o extenso cardápio de cervejas. Escolhi o Southern Yardbird Burger (com carne de frango) e achei bem gostoso, vale a pena. Para acompanhar pedi Truffle fries, que são servidas em uma espécie de cone e servem duas pessoas. Por ser de um chef famoso, não achei caro, com batatas a $11 e sanduiches por $14, em média.

♦ Shake Shack – localizado na frente do New York New York, é uma rede famosa nos EUA pelo seu conceito de fast-food com hambúrguer de qualidade. Não pense em comparar com Mc Donald’s ou Burger King! Recebi ótimas recomendações de amigos e estava louca para conhecer. Superaprovado! Tanto que fui também nas filiais de Washington e Nova York. Os carros-chefes são o Shake Burger, com um molho delicioso, e as cheese fries, com muuuito queijo derretido. Os preços são bons também, com hambúrguer por de $5,29 e a batata frita por $3,99.

restaurante em las vegas02

♦ Triple 777 – gosta de cerveja? Então esse é o lugar. Esse restaurante é uma opção fora da Strip, principalmente para quem visitar Downtown e a Freemont Street Experience. Ele fica dentro do hotel e cassino Main Street Station, tem uma decoração superlegal e é muito animado. Para começar, peça o sample de cerveja, que vem com 6 minitulipas para você experimentar todas as cervejas que são produzidas ali mesmo. São muito boas! Os pratos são bem servidos e a comida é deliciosa. Se comparado com restaurantes do mesmo estilo na Strip, o preço é muito mais em conta. A conta para 4 pessoas com cerveja, uma entrada e 4 pratos principais ficou em $90. Recomendo muito!

restaurante em las vegas03

♦ Bubba Gump Shrimp – famosa rede de restaurante especializada em frutos do mar. Quase todos os pratos incluem camarões, é claro, mas para quem não gosta, também tem outras opções. De entrada pedimos o Traditional Shrimp Cocktail ($14,29) e o Mama’s Grump Garlic Bread ($5,59) e como prato principal uma ribs ($23) para dividir. Os camarões estavam deliciosos, mas a ribs não achei nada demais, já comi melhores em muitos lugares por aqui. O restaurante não é muito barato, principalmente as bebidas (experimentamos uma limonada maravilhosa), mas para fãs de frutos do mar vale conhecer. Ah, dependendo da bebida escolhida você ganha o copo para levar. Alguns são bem inusitados.

♦ Grimaldi’s – ótima pizzaria no Grand Canal Shops, dentro do The Palazzo. A Grimaldi’s original é um grande sucesso em Nova York e agora em Las Vegas também. O ambiente é bem intimista, no clima de uma cantina italiana. As pizzas vêm em diversos tamanhos e combinações. Na verdade, a melhor opção é escolher o tamanho e os ingredientes que quiser, assim terá uma pizza personalizada. O preço também é muito bom, o tamanho Small (suficiente para duas pessoas) custa $14 e os toppings ficam entre $2 e $5. Recomendo muito!

restaurante em las vegas05

♦ Paris Baguette – fica dentro de um dos hotéis mais bonitos de Las Vegas, o The Venetian. Essa boulangerie é uma ótima parada para um lanche rápido, com sanduíches muito gostosos e doces de dar água na boa. Escolhi o Grilled Caprese Sandwich, com tomate, mussarela de búfala e molho pesto e estava uma delícia. Dois sanduíches (enormes) e duas bebidas quentes saíram por $25.

Foi em Las Vegas que experimentei uma ‘sobremesa’ maravilhosa! Fried Oreos, já ouviram falar? Nada mais é do que um biscoito Oreo dentro de uma massa bem parecida com bolinho de chuva frito. Sério, é muito bom! O chocolate do biscoito derrete e fica quentinho. Eu comi em um restaurante bem podrão dentro de um cassino da Fremont Street (não lembro o nome), mas deve ter em outros lugares. Vale muuuito!

restaurante em las vegas04

Hotel Royal Resort – Las Vegas (EUA)

Hotel é o que não falta em Las Vegas. Na verdade, eles são as verdadeiras atrações da cidade e tem para todos os gostos. Com o dólar (muito!) alto, eu preferi investir menos em hospedagem e ter mais $$ para gastar em diversão. Por isso, escolhi o Hotel Royal Resort, indicado para quem não quer luxo, mas sim conforto, simplicidade e, principalmente, economizar. O hotel era bem o que eu estava esperando e fiquei satisfeita com o custo-benefício dele.

Hotel Royal Resort Las Vegas01

♦ Localização: fica para o Norte da Strip, próximo aos hotéis famosos Winn e Encore, na Convention Center Drive. Apesar de não estar no centrão de Strip, eu adorei a localização justamente por isso: não tem muvuca. Até o ponto de ônibus na Strip é uma caminhada de 5 min e, de lá, em 10 min já estava no Bellagio, Paris ou Caeser’s Palace. Além disso, por perto há restaurantes, farmácias e lojas (inclusive uma Ross, loja de departamento com superdescontos).

♦ Comodidades: o Royal Resort é um hotel simples, eu já sabia disso. Não estava esperando nenhum luxo, só queria um lugar limpo e confortável, afinal, ia passar a maior parte do dia fora do hotel. Nesse quesito, o Royal Resort atendeu minhas expectativas. O quarto é espaçoso, tem uma pequena varanda, frigobar e TV (antiga, de tubo). Os pontos negativos foram a pouca iluminação no quarto, pois as lâmpadas não eram muito fortes, e a falta de wifi grátis. Lobby grande e atendimento correto. Chegamos bem antes do horário de check-in e pudemos deixar nossas malas guardadas em uma sala. O horário oficial de entrada é 15h, mas a recepção permitiu o check-in a partir das 13h. Depois de um voo longo e cansativo, era tudo o que queríamos.

Hotel Royal Resort Las Vegas02

♦ Preço: esse foi o diferencial para que ficássemos no Royal Resort. Ao contrário dos demais hotéis, ele não cobra a exorbitante taxa de resort, então o preço final é o da diária + taxas. O total para 4 diárias em quarto duplo foi de $ 215. Achei o valor muito bom, contando a localização e conforto. Mesmo acrescentando os valores de tickets de ônibus ainda assim valeu a pena, em comparação com hotéis mais centrais.

  • fotos 1 e 2 foram tiradas do site do hotel e correspondem à realidade.

Transporte em Las Vegas

Primeira coisa: caminhar em Las Vegas é pura diversão. Só andando pela Strip é possível encontrar aquelas bizarrices características da cidade, como os personagens de filmes famosos, além de observar com mais detalhes os hotéis e os próprios turistas, que já são uma atração a parte.

Antes de viajar vi muitos blogs recomendando o aluguel de carro como melhor meio de transporte em Las Vegas, mas eu acho um desperdício de tempo e dinheiro. As principais atrações estão concentradas em uma rua, a Strip, então é fácil caminhar ou pegar um ônibus ou taxi. Além disso, os hotéis são enormes, então parar nos estacionamentos gigantes de cada um deles vai somar muitos minutos perdidos na viagem.

Para chegar ou sair do aeroporto recomendo o uso de shuttle para até duas pessoas. Usei o da SuperShuttle e deu $ 40 ida e volta para dois. A partir de três pessoas vale usar o táxi, pois o aeroporto fica próximo à região dos hotéis e o valor gira em torno de $30. Quem quiser já chegar no ‘Vegas style’, pode até reservar um limousine, que tal? Ou quem estiver na vibe mochilão, também tem a opção de pegar um ônibus.

transporte Las Vegas02

Já na cidade, usei o ônibus todos os dias, pois é o meio de transporte em Las Vegas mais prático, com um ponto na frente de quase todos os grandes hotéis. O tíquete para 2 horas custa $6, o de 1 dia custa $8 e o de 3 dias é $20. Ele pode ser usado no ônibus parador e no expresso, que funcionam 24h. Mesmo à noite é supertranquilo de andar pela Strip ou usar os ônibus, pois o movimento não para. Os tíquetes do ônibus são vendidos em máquinas automáticas nos pontos, que aceitam dinheiro ou cartão.

Para informações mais detalhadas e atualizadas sobre os ônibus, as rotas, preços e máquinas de vendas de tíquetes, acesse o site oficial: www.rtcsnv.com/transit

Top 5: Hotéis-atrações de Las Vegas

Em dezembro passei 4 dias em Las Vegas e foi uma viagem bem divertida, ainda que diferente do que estou acostumada. Foi minha primeira vez na cidade, então tudo era surpresa. LV não me conquistou de cara, mas aos poucos me encantei pelo estilo ‘fake’ da cidade e de como acaba sendo divertido no final. Definitivamente Vegas é para todos os estilos de pessoas e viagens: tem hotéis sofisticados e românticos para casais, muitas festas para grupos de amigos e despedidas de solteiro e até diversão para crianças.

Como lá as principais atrações são os grandes hotéis, meu primeiro post será sobre os 5 hotéis mais famosos e mais legais da cidade. Todos ficam na Las Vegas Boulevard – mais conhecida como Strip -, é lá que tudo acontece, onde estão o burburinho, os melhores restaurantes, os turistas e as lojas. Vou dar uma dica de hospedagem em um próximo post, mas já adianto: ficar na Strip ou bem próximo a ela é a melhor pedida sempre.

♦ Bellagio

As fontes do Bellagio já são um ícone de Vegas, chuto dizer a atração mais famosa. Já apareceram em incontáveis filmes e estão sempre ilustrando qualquer propaganda sobre a cidade. O espetáculo de água e som acontece a cada 15min durante o dia e a cada 30min à noite.

Depois de assistir o show, vale entrar no hotel, aproveitar o enorme cassino e conferir as lojas e bons restaurantes. Não deixe de dar uma olhadinha no teto da recepção e conferir também o Bellagio’s Conservatory and Botanical Garden, onde a cada estação do ano é montada uma atração diferente. Como eu fui em dezembro, o tema era o Natal e estava muito lindo, como neve fake, urso da Coca-Cola e uma árvore natalina enorme.

O Bellagio também é sede de um dos espetáculos do Cirque du Soleil em Las Vegas, chamado “O”.

Bellagio

Bellagio

Bellagio

♦ Ceasers Palace

Ao lado do Bellagio, é um dos hotéis que mais aparecem nos filmes americanos. Quem não se lembra de “Se beber, não case”? Para mim, é o hotel mais bonito da Strip, para cada lado que você olha tem uma pintura ou uma estátua mais bonita. O casino é ótimo e fica logo ao lado de um shopping com diversas lojas de grife. Assim como o The Venetian, tem uma parte com tetos pintados que dão sempre a impressão de estar dia, com um céu azul. Aliás, não deixe dar sempre uma espiadinha no teto por todo o hotel, é maravilhoso!

CaesersPalace02

CaesersPalace01

CaesersPalace03

♦  The Venetian e Palazzo

Coloco os dois hotéis juntos porque eles ficam um ao lodo do outro, com uma passagem interna entre eles que até fica difícil saber quando termina um e começa o outro. O The Venetian é um belo exemplar de Veneza no meio de Las Vegas, com seu lago artificial e gondoleiros caracterizados. Quem quiser ter um gostinho do passeio original pode dar uma volta de gôndola ($24 por pessoa). Lá dentro, um céu pintado no teto de deixar qualquer um de boca aberta e completamente perdido no tempo. O hotel ainda tem diversos restaurantes e lojas, todos em um agradável espaço imitando uma praça ao ar livre. A famosa boate TAO, queridinha dos artistas americanos, fica no hotel.

Igualmente sofisticado, o Palazzo tem um belíssimo cassino e o Grand Canal Shops com lojas grifadas. Se o dólar não permitir comprar, vale dar uma espiada nas vitrines.

Palazzo01

♦ New York New York

Las Vegas tem várias cidades dentro dela e Nova York não poderia faltar, é claro. Todo o skyline da Big Apple está lá, com seus prédios famosos e ícones como a Brooklyn Bridge e a Estátua da Liberdade. Por dentro, o hotel é simples, mas tem atrações infantis e uma montanha russa radical que percorre toda a extensão no hotel. Da parte gastronômica, destacam-se uma loja da Hershey’s e a hamburgueria Shake Shack.

NYNY01

NYNY

♦ MGM

Palco de grandes shows e do UFC, o MGM Grand é um dos primeiros hotéis ao sul da Strip e sua fachada verde é fácil fácil de identificar. Chuto dizer que tem um dos maiores cassinos de Vegas e é um dos maiores hotéis. Se perder lá dentro não é nem um pouco difícil. O hotel em si não tem grandes atrações para visitar, mas é um ícone da cidade e parada obrigatória, seja para tirar foto com o imponente leão do lado de fora, ver a enorme recepção ou só curtir um pouco o cassino.

MGM02