Dicas de restaurantes em Nova York

Fiz uma lista dos restaurantes legais que fui em Nova York e compartilho aqui com vocês. Com tantas opções pela ilha, acho bom ter algumas referências.

Antes de cada viagem, adoro pesquisar lugares legais pra café da manhã, almoço e jantar. Nunca deixo tudo definido, pois também gosto da ideia de andar e achar um restaurante na hora, mas por que não ter algumas sugestões já? A comida é parte essencial da viagem pra mim, mas não preciso de restaurantes chiques e caros. Decoração legal, preço justo e comida gostosa são meus pré-requisitos.

♦ Carmine’s

O italiano mais famoso entre os brasileiros que visitam a cidade. Vá com fome, muuuita fome, pois as porções são enormes. De entrada eles já oferecem uma cestinha de pães, mas controle a gula para o prato principal. O menu tem uma variedade enorme de massas e molhos, que são o forte da casa. Os pratos servem tranquilamente 3 ou 4 pessoas, então é um bom restaurante para ir em grupo, ainda mais pelo preço (cerca de $30). A unidade mais famosa é a da Times Square, mas eu fui na do Upper West Side na hora do almoço e estava bem vazia.

♦ McGee’s Pub

É o bar que inspirou o McLaren’s Pub de “How I met your mother”, então se prepare para encontrar muitas referências à série. Fui para acompanhar meu namorado, mas adorei o ambiente e a comida. Bebida alcóolica não é barato em NYC, mas aproveite para beber algumas cervejas e experimentar rótulos diferentes. Além do cardápio do pub, eles têm um menu dedicado à série. Destaque para o Best Burger in New York e para o Irish Style Chicken Curry (divino!). Preços em torno de $13-$18.

cardapio_McGees Pub

♦ Bill’s Bar & Burger

Vou dizer que esse restaurante estava no lugar certo na hora certa. Fui na unidade de Downtown, que fica em frente à entrada do Memorial 11/9. Estava um frio absurdo nesse dia e tudo que eu queria era um lugar quente, depois de ficar muito tempo em pé na fila. Saí do Memorial já olhando pra ele! O restaurante é uma graça, o atendimento foi muito bom e os hambúrgueres estavam bem gostosos. Burgers por uns $10.

♦ Donkin Donuts

Não é bem um restaurante, mas vejo pouca gente falando dele por aqui e acho uma boa opção pra café da manhã barato e rápido. Lá tem um em cada esquina e era meu point todas as manhãs. Lembro que tinham uns combos tipo café + bagel em torno de $5. Como eu não ligo muito pra essa primeira refeição do dia, queria só comer alguma coisa rapidinho e beber um chocolate quente pra aquecer.

Esses foram os restaurantes mais legais e que eu lembrava os nomes. De resto, nada de muito diferente de Mc Donald’s, Applebee’s etc.

O iluminado Natal de Nova York

Quando estava planejando minha viagem, todos me falavam que ir para NY em dezembro deveria ser um sonho por conta das ruas e lojas iluminadas e enfeitadas para as festas de fim de ano. Realmente, não dá para esperar outra coisa. E o bom é que foi tudo exatamente assim, lindo demais!

Logo no primeiro dia à noite já vimos o Rockfeller Center e o Bryant Park iluminados e com suas árvores de Natal. Aliás, tem um mercadinho no Bryant Park, perto da pista de patinação, com muitas lojinhas legais e aqueles enfeites de todo tipo para árvore.

Natal em NY

As lojas também ganham uma decoração espetacular, uma mais bonita do que a outra. Vale destacar as vitrines da Macy’s e o grande Believe na lateral do lado de fora. Na Sacks ficamos encantados com o show de luzes e projeção na fachada. Valeu aguardar debaixo de muita neve e frio para ver hehehe.

Natal em NY

Natal em NY Natal em NY

No dia que visitamos a parte financeira da ilha também nos deparamos com uma árvore muito bonita em frente à Bolsa de NY. À noite deve ficar ainda mais especial!

Natal em NY

Cheguei à conclusão de que se o frio e a neve do fim de ano deixam Nova York mais ‘bagunçada’ e exigem certo planejamento para conseguir fazer todos os passeios (chega um momento em que o frio é insuportável e tudo o que eu mais queria era voltar pro hotel), a beleza da iluminação e o espírito natalino fazem isso valer a pena. Faça um esforço e vá para NY em dezembro pelo menos uma vez na vida!

Natal em NY

Assistindo um jogo da NBA em Nova York

Um dos programas imperdíveis de quem ama esporte e vai para os Estados Unidos é assistir um jogo, seja de futebol americano, beisebol ou basquete. Eu e meu namorado tínhamos muito essa vontade e fomos logo ver como realizar.

Na época, eu tinha muitas dúvidas e achei poucas informações na internet, por isso, vou colocar um passo a passo de como fizemos.

NBA Brooklyn Nets

A primeira coisa a se fazer é entrar no site da NBA e ver os times da cidade e se eles jogarão em casa nos dias em que você estará por lá. No meu caso, tinha o New York Knicks, que joga no Madison Square Garden, e o Brooklyn Nets, no Barclays Center.

Como os tickets para o jogo do Knicks estavam bem mais caros, acabamos preferindo assistir o do Nets mesmo.

NBA Brooklyn Nets

Escolhendo a data, é hora de ver os ingressos disponíveis. Além dos “oficiais”, estão sempre disponíveis os de resale, que nada mais são de compradores que desistiram de assistir e colocam à venda novamente. Não tenha medo de comprar dessa categoria, todos são verificados pela Ticketmaster e são verdadeiros! Para quem não liga de ficar lá em cima (como eu), o preço é muito bom. Eu consegui dois ingressos por menos de $50!

Basta então escolher o que mais lhe agradar, esperar pelo e-mail de confirmação e imprimir os ingressos.NBA Brooklyn Nets

No dia, apresente-os na entrada e pronto! Aproveite esse grande espetáculo em que os americanos sabem como ninguém transformar o esporte.

Ah, vale ir de metrô sem medo. No caso dos jogos do Brooklyn Nets, a estação Atlantic Av – Barclays Center é bem na frente da arena.

NBA Brooklyn Nets

Chegando em Manhattan via aeroporto de Newark

Adoooro a praticidade e tranquilidade de voos diretos, mas dessa vez não foi possível. Fiz Rio de Janeiro – Houston – Nova York na ida. Na verdade, cheguei em Newark, que fica em New Jersey, do outro lado da ponte.

Antes de embarcar, pesquisei muito sobre a melhor maneira de ir do aeroporto para Manhattan e cheguei a conclusão que optaria pelo AirTrain por ser barato, rápido e fácil. Mas chegando lá, a escolha foi outra.

Enquanto esperava pelas malas, avistei do outro lado da rua um ônibus que fazia esse trajeto. É o Newark Airport Express. Por $16 você compra o bilhete direto com o motorista e escolhe descer em três pontos: Grand Central Station, Bryant Park ou Port Authority Bus Terminal. Ele sai a cada 15min e dentro do ônibus tem um lugar específico para colocar as malas.

Newark Airport Express

Foi supertranquilo e muito rápido, basta pegar as malas da esteira, sair do aeroporto e já verá os ônibus. Em menos de 30min já estávamos descendo em Port Authority, de onde pegamos o metrô até o hotel.

 Mais informações:

  • Se a volta for pelo mesmo aeroporto, compensa comprar o bilhete de ida-volta por $28.
  • O serviço funciona todos os dias do ano, saindo a cada 15 minutos a partir de 4am até 1am.
  • O ticket também pode ser comprado online.